F


Fakharudine Mutirua

Fakharudine Mutirua

 

Fakharudine Mutirua nasceu em 1981 na província de Tete, passou a sua adolescência em Nampula e a sua juventude em Maputo. É casado e pai de duas filhas.

Iniciou a sua carreira profissional como técnico de controlo de qualidade numa companhia aérea, depois trabalhou como agente da linha de cliente, técnico de seguros, e gestor de contas na Banca. Licenciado em tradução de Inglês-Português, actualmente trabalha como Chef num dos maiores grupos de restaurantes do Reino Unido… 

Fátima Bento

Fátima Bento

 

Fátima Bento nasceu em 1967 e reside em Caldas de S. Jorge, Santa Maria da Feira. É licenciada em Educação de Infância pela Escola Superior de Educação (E.S.E.) Jean Piaget. Tem a especialização em Administração Escolar da E.S.E. do Porto e o Mestrado em Ciências de Educação da FPCEUP.

Trabalha há 26 anos como Educadora de Infância e foi a partir desta experiência profissional que surgiu o gosto pela escrita de livros infantis. Este é o primeiro livro infantil que publica, mas tem muitas mais histórias que gosta de partilhar com as “suas” crianças.

Fátima Murteira

Fátima Murteira

 

Fátima Murteira nasceu no ano de 1957, em Santarém, mas cresceu e viveu em Lisboa até casar.

Reside no Forte da Casa, desde então, onde viu crescer os seus três filhos. O infortúnio do destino trouxe-lhe uma tristeza quando o filho mais velho faleceu em 2008, vítima de um acidente de viação. Em vez de perder a Esperança, este episódio deu-lhe Força para continuar a Viver!

Atualmente, exerce funções como Assistente Operacional numa escola.

Fátima Verdelho Fontoura

Fátima Verdelho Fontoura

 

Fátima Verdelho Fontoura, transmontana a residir na localidade de Vale Bom Pitez, concelho de Mirandela é Mestre em Gestão das Organizações, especialização em Gestão de Empresas e Licenciada em Psicologia Organizacional.

Entre 1988 e 2000 desempenhou funções no sector privado e desde 2000 está vinculada ao sector público, a exercer funções na Câmara Municipal de Mirandela. Coordenadora, há 6 anos, do Gabinete de Apoio ao Munícipe que integra… 

Fausto Dias

Fausto Dias

 

Nascido em Lisboa, Fausto Dias cedo se dedica ao estudo da música, tendo concluído o curso de harpa do Conservatório Nacional em 1958, ano em que dá início a uma intensa carreira de solista e instrumentista de orquestra. Em 1983, é convidado a ingressar como professor na nova Escola de Música do Conservatório Nacional, lugar que ocupa até à sua aposentação, em 1999.

Desde então, tem vindo a dedicar-se à investigação histórica - é licenciado em História pela Universidade… 

Fausto Kakumba

Fausto Kakumba

 

Fausto Kakumba é, juridicamente, Faustino Bento, filho de Bento Pedro e de Balbina Sitiuca. Original do Planalto Central – Huambo, no município do Longonjo, com naturalidade oficial de Benguela, nasceu a 28 de novembro de 1982, no município de Benguela, província de Benguela.

Frequentou o ensino básico na escola do município do Longonjo – Huambo e na Escola n.º 14 do município de Benguela, e o ensino fundamental na EPF – Escola de Professores do Futuro. Fez o ensino superior em Ciências… 

Fernando de Castro Brandão

Fernando de Castro Brandão

 

Fernando de Castro Brandão nasceu no Porto em 1943. A infância e a juventude foram passadas em Lisboa, frequentando os Liceus de Pedro Nunes, Gil Vicente e D. João de Castro. Dispensado das provas de aptidão à Universidade da capital, ingressou na respectiva Faculdade de Letras, onde concluiu o curso de História, com uma tese sobre as Relações Diplomáticas Luso-Espanholas no Liberalismo. Convidado para Assistente pelo Prof. Jorge Borges de Macedo, desempenhou funções docentes por dois anos, sendo regente de várias cadeiras e orientador de diversas teses de licenciatura. 

Fernando Duarte Fernandes

Fernando Duarte Fernandes

 

Fernando Duarte Fernandes nasceu em 1944, no seio de uma família de origem angolana proveniente do distrito de Cuanza Norte. Vive em Leiria, há cerca de 40 anos.

Aposentado, nos seus tempos livres gosta de ler e de escrever, sobretudo, sobre as suas memórias de África, recordando as suas cores, as suas gentes e costumes.

Fernando Freitas

Fernando Freitas

 

Fernando Freitas, pseudónimo de Rui Baião, nasceu em Lisboa, a 23 de Agosto de 1974. É licenciado pela Universidade Católica Portuguesa de Lisboa. É professor de Filosofia. Tudo o resto está neste livro…

Fernando Marques de Oliveira

Fernando Marques de Oliveira

 

Fernando Marques de Oliveira nasceu em 1932, em Lisboa. Engenheiro mecânico, licenciado pelo Instituto Superior Técnico em 1955,tem ocupado o seu tempo a elaborar programas informáticos de cálculos astronómicos. Recebeu o prémio Mira Fernandes.

Fez toda a sua carreira profissional na Sorefame. Desde o tempo do Liceu Pedro Nunes que se interessa pelos aspectos matemáticos da Astronomia, passando a dedicar-se a tempo inteiro a esta disciplina desde a sua passagem à refoma. 

Fernando Rosa

Fernando Rosa

 

Fernando Rosa nasceu em Angola e muito cedo teve de abandonar o seu país rumo a Portugal, onde foi recebido de braços abertos. Recomeçou a sua vida do início e estudou até ao 10.º ano.

Aos 41 anos de idade, lançou o seu primeiro livro como autor. Mora na Caparica, Almada, onde vive sozinho e feliz. Os livros que escreve são sempre dedicados à irmã e à sua sobrinha, contudo, ainda não perdeu a esperança de um dia, voltar ao seu país natal…

Fernando Santos e Silva

Fernando Santos e Silva

 

Fernando de Carvalho Santos e Silva, nascido em março de 1945, mesmo ao lado da fábrica de cimento da Maceira, perto de Leiria, onde os pais trabalharam, constitui mistura dos genes de dois avôs e das suas duas doces mulheres. Um deles de notável aptidão financeira, que não transmitiu ao neto, que permitiu a frequência universitária à sua descendência, e que casou com uma senhora de cabelos encaracolados e frisados dos campos de Coimbra. O outro de mãos prodigiosas, que não transmitiu ao neto, latoeiro habilidoso mas de falências sucessivas, republicano convicto que casou com uma senhora descendente de imigrantes… 

Figueiredo Luiz

Figueiredo Luiz

 

Figueiredo Luiz nasceu em 1958 e, tendo exercido diversas actividades durante a sua adolescência e frequentado o curso de Direito, acabou no entanto por enveredar pela carreira das armas após a sua incorporação no corpo de tropas Paraquedistas, em 1979.

A presente obra foi escrita após a sua passagem à reserva e reflecte a experiência e diversas situações vividas pelo autor durante  mais de vinte anos ao serviço da instituição militar.

Filipe Costa Nunes

Filipe Costa Nunes

 

Filipe Costa Nunes nasceu em 1981, no mês de Fevereiro. É natural de Rapoula do Côa, concelho de Sabugal, distrito da Guarda. Sendo do signo Aquário, sempre gostou de tudo o que tem a ver com desenho e pintura, apesar de nunca se ter formado nessa área. É formado em Pastelaria e Panificação, profissão que deixou de exercer quando uma das suas doenças, diagnosticada aos 26 anos, piorou. (Distrofia Facioescapuloumeral, também conhecida por distrofia muscular). E, aos 29 anos, diagnosticaram-lhe a doença de Crohn. 

Filomena Leal

Filomena Leal

 

Filomena Leal é beirã, natural da vila de Loriga (na Serra da Estrela). Aposentada do ensino, tem publicado obras de ficção como A Casa dos Seniores (2013) e outras, sendo a mais recente a Fotobiografia de Pedro Vaz Leal (2018).

Filomena Lima

Filomena Lima

 

Filomena Lima nasceu em Coimbra e pertence a uma família numerosa. Licenciou-se em Filosofia pela Universidade de Coimbra, onde também concluiu o Mestrado em Filosofia Contemporânea em 1991.

Ensina no ensino oficial. Foi aprovada em 2013/14 nos quatro seminários de Doutoramento em Filosofia da FCSH/Universidade Nova de Lisboa, na especialidade de Lógica e Filosofia da Linguagem.

Fonseca Alves

Fonseca Alves

 

«Homem culto e declamando como ninguém, Fonseca Alves foi o introdutor em Portugal de Omar Khayyam – sábio e poeta da Pérsia antiga – não só quanto à declamação e ao seu lançamento discográfico, mas ainda através de recitais, saraus culturais, da realização de palestras e entrevistas à comunicação social…» É com estas palavras que Júlio Evangelista apresenta Fonseca Alves no prefácio da obra discográfica Ex-líbris da Poesia Portuguesa.

Relegando a preponderância da arte declamatória para ganhar espaço na prosa, publicou Memórias de Guerra… 

Francisco Chinita

Francisco Chinita

 

Francisco Chinita nasceu em dezembro de 1961 em Évora e rumou para Almada onde cresceu e iniciou os estudos de desenho e pintura. Mais tarde, já num país centro europeu, nos anos 80 e 90, aliciado pela obra de Salvador Dalí, envereda pelo Surrealismo, o que o obriga a aperfeiçoar o desenho e a técnica do óleo.

Eterno viciado no saber, na origem e nos segredos dos materiais artísticos, passa grande parte do seu tempo, não a pintar, mas a pesquisar e a adquirir o conhecimento artístico que agora, aqui, vem transmitir.

Francisco Costa

Francisco Costa

 

Francisco José Sequeira Costa nasceu em Baleizão uma aldeia do concelho de Beja a 15 de Dezembro de 1951, no seio duma família de trabalhadores pobres – o pai era pedreiro e a mãe camponesa.

Em 1962, foi com os pais, os irmãos e a avó materna para Queijas, uma aldeia (actual vila) que faz parte do concelho de Oeiras, onde começou a trabalhar numa pequena oficina em Linda-a-Velha, com dez anos de idade. 

Francisco Gomes de Amorim

Francisco Gomes de Amorim

 

Francisco Gomes de Amorim, português do Porto (1931), criado em Lisboa, formado em agricultura, cedo rumou para Angola, até ter os filhos criados, troca a Agricultura pela Cultura; passa por Moçambique, seguindo-se o Brasil desde 1974; aposentado, pensa e escreve nas horas vagas que no seu caso são todas. É autor do blogue fgamorim.blogspot.com.

Francisco José Noronha Santos

Francisco José Noronha Santos

 

À guisa de BIOGRAFIA

«Sou nascido e criado em Alhos Vedros, onde vivi até casar.

No vetusto povoado da borda-d’água iniciei a “aventura” da descoberta das letras que, progressivamente, me proporcionou desvendar as palavras, as frases, os textos… O mesmo sucedeu com os algarismos, que me facultaram conhecer os números, as operações matemáticas… Em suma, aos poucos fui descobrindo o Mundo! 

Francisco Parreira

Francisco Parreira

 

Francisco Parreira nasceu em Serpa, no ano de 1948. Em 1959 concluiu o ensino primário, tendo iniciado, no ano anterior, em 1958, estudos musicais na Banda Municipal de Serpa. No mesmo ano, iniciou-se como aprendiz de barbeiro. Cumpriu o serviço militar, entre os anos de 1969 e 1972, durante o conflito colonial.

Posteriormente trabalhou em Lisboa, de onde regressou em 1979. Concluiu, no ano lectivo de 1986/1987, o Curso Técnico de Contabilidade na Escola Secundária de Serpa. Tendo, no ano lectivo posterior, ou seja, 1987/1988, frequentado o Instituto Superior de Contabilidade e Administração em Lisboa e leccionado na Escola… 

Francisco Rafael de Araújo Rodrigues

Francisco Rafael de Araújo Rodrigues

 

Rafael Rodrigues é enfermeiro, especialista em análise de dados em pesquisa e mestre em ciências da enfermagem. O autor é investigador doutoral em internacional cooperação entre a Universidade do Porto, Portugal e a Universidade Estadual do Ceará, Brasil.