Adelina Velho da Palma

Adelina Velho da Palma

 

Adelina Velho da Palma nasceu em Lisboa e é do signo Aquário. É licenciada em Matemática pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa onde foi assistente de Análise Matemática, após o que iniciou uma carreira dedicada à Informática. Começou a escrever em 2002, prosa e poesia, tendo publicado as seguintes obras:

  • Areias Movediças e Outras Histórias de Inquietação, coletânea de contos, 2005
  • O Gato das Oito Vidas, coletânea de contos, 2006
  • A Boa, a Má e a Vilã, coletânea de contos, 2008
  • eu, invisual, me confesso, romance, 2010
  • Cinco Mulheres na Casa de meu Pai, romance, 2012
  • Sem Orgulho nem Preconceito, romance, 2012

Fazendo uso de um estilo narrativo muito próprio, intenso e linear, desprovido dos artifícios e figuras de estilo tão em voga, Adelina Velho da Palma é uma autora que escreve sobre o tempo presente, aquele que é o de todos nós. Nas suas tramas admiráveis, que prendem o leitor desde a primeira página, é explorada com mestria a natureza misteriosa e desconcertante da alma humana. Comédia e drama convivem lado a lado, invadindo o leitor, fazendo-o deslizar suavemente, levando-o a aderir aos mundos que ressaltam das narrativas magistralmente construídas, aguardando um epílogo, não raro surpreendente.

No que concerne a poesia, Adelina Velho da Palma prima pela escolha de temáticas originais, ao mesmo tempo que privilegia o rigor da rima e da métrica. Gosta particularmente de escrever sonetos, tendo já redigido algumas centenas. 

Uma seleção de poemas assim como excertos das suas obras em prosa podem ser lidos na sua página pessoal.

Qualquer contacto com a autora pode ser encaminhado para o endereço de email adelina.p@gmail.com

Página oficial da autora

Adelina Velho da Palma

Mostrar por página
Ordenado por

eu, invisual, me confesso

Código do produto: 9789898413024

Edição indisponível

10,30