Brácaro da Bisbaia (pseudónimo de Januário Pinh...

Brácaro da Bisbaia (pseudónimo de Januário Pinheiro)

 

Januário Pinheiro, o “Brácaro da Bisbaia”, nasceu a 12 de abril de 1948, na freguesia de Caires, concelho de Amares, distrito de Braga. Filho de Manuel Joaquim Pinheiro e de Florinda da Silva Pinheiro, fez os estudos primários na Escola da terra, cuja inauguração e abertura se deu no ano de 1955, o seu 1.º ano de escolaridade. Os estudos secundários foram realizados, em exames finais de ciclo, na Escola Sá de Miranda, em Braga, como aluno externo. Era aluno interno do Colégio de Montariol. Os estudos superiores foram realizados na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, onde completou a licenciatura de 5 anos.

Após a aprovação no estágio de advocacia, passou pelo Gabinete Jurídico da Administração Regional de Saúde de Braga (ARS) e, depois, ingressou na carreira da Inspeção-Geral de Jogos, cujo escopo é o controlo e fiscalização, em todo o território nacional e em nome do Estado Central, dos Casinos, Bingos e Jogos Afins.

Em 1969, participou ativamente na Crise Académica de Coimbra, precisamente, na crista do vórtice da Revolta, a “República dos Pinguins”. Em 1971, é alistado “à força” na vida militar. Ainda, nesse ano, vai dar instrução no B. I. 19 da Ilha da Madeira, donde, nove meses depois, sai preso para o Forte da Trafaria, em Lisboa, por ter sido protagonista de um discurso, na messe de oficiais, em nome dos (aspirantes a) oficiais da Companhia, contra a Guerra Colonial e julgado pelos próceres do regime, Comando Geral da Madeira e Ministério da Defesa Nacional, como fazendo parte de um conluio nacional. No ano de 1972, é mobilizado para a Guerra de Angola.

Em 1976, é candidato a deputado para a Assembleia Constituinte, nas listas do Movimento Democrático Português/CDE.

Brácaro da Bisbaia (pseudónimo de Januário Pinheiro)

Mostrar por página
Ordenado por

Novo Por terras da Galécia, a pé

Código do produto: 9789898867629

15,00
Envio no prazo de 2 dias úteis, após pagamento