Enviar questão sobre produto

Se desejar colocar uma questão sobre este produto, simplesmente preencha todos os campos marcados com asterisco (*) e clique "Enviar". O seu nome e endereço de correio electrónico não serão publicados.

Antes de se acumular o pó
Código do produto: 9789898821904
9,50

IVA incluído à taxa legal vigente
Encargos de expedição não incluídos

Antes de se acumular o pó

de: Baião Modesto


Sinopse


Neste terceiro livro do autor, há uma paráfrase da Poesia Portuguesa, desde a Idade Média à Contemporaneidade. Se outro não houvesse, bastariam esses dois tópicos para a leitura dos poemas em Antes de se acumular o pó.

Há momentos de inspiração, como o que se segue :

                                                Por aí vão os campos,
                                                por a Leonor descalça.
                                                E em alguma ribeira
                                                que para o Tejo corria,
                                                Leonor não se preocupava
                                                com a proximidade do cervo.

                                                Esperava que pela alba
                                                estivesse segura a meteorologia.

e que dizer, neste outro poema, do antropomorfismo que remete para as antigas “barcarolas”?

                                                Ondas
                                                na praia, para se refazerem,
                                                nem hipótese põem de
                                                desaparecer o mar.

e depois romper com o “romantismo”, com o que é “romântico”:

                                                Dizer que és a “minha estrela”,
                                                não chega…
                                                as estrelas até já podem ser poeira.
                                                Não para que o romântico
                                                nisso se reveja.

Como dizia F. Pessoa : “Todas as cartas de amor são ridículas, mas ridículo é…”


 

Envio no prazo de 2 dias úteis, após pagamento


A sua questão para nós
Designação
Telefone
Se indicar o seu número de telefone, temos todo o prazer em contacta-lo(a).
Endereço de correio electrónico *
Pergunta *

Política de privacidade: Os seus dados inseridos aqui apenas serão utilizados para responder a esta questão e nunca para outros fins. Para mais informações, consulte Política de privacidade.